APOIOS E NICHOS

 APOIO é o elemento constituinte da PPR cujas funções principais são fixação e suporte da mesma. É o componente do grampo cuja principal função é assegurar que as cargas exercidas durante os dentes artificiais durante o processo de mastigação sejam transmitidas aos dentes suporte de maneira adequada.

NICHOS são as cavidades especialmente preparadas para alojar os apoios, para proporcionar ao dente suporte e aos tecidos de sustentação condições biomecânicas favoráveis a manutenção de seu estado de saúde. O nicho varia de acordo com o dente que vai recebê-lo. Não se pode colocar uma PPR sem confeccionar um nicho, pois quando o paciente vai mastigar vai tocar no apoio que não está no nicho e vai causar a fratura da prótese.

Funções dos apoios:

  • Impedir o deslocamento ocluso-cervical da prótese – garantindo assim a fixação;
  • Dirigir as forças paralelamente ao longo eixo dos dentes suporte;
  • Retenção indireta – quando uma carga é imposta a tendência é que a prótese se movimente, ou seja, vai ter alavanca, então os apoios são colocados para estabilizar essa prótese, isso em casos de próteses de extremidade livre;
  • Fixação – determina posição de assentamento final, impedindo que a PPR se desloque além desse limite, ou seja, impede que ela se desloque no sentido ocluso-cervical;
  • Suporte – transmissão das forças recebidas aos dentes suporte, em direção ao longo eixo, isso é permitido pela extensão dos apoios.

Classificação dos apoios:

  • Apoios oclusais – estão localizados nas superfícies oclusais de molares e pré-molares, podem ser simples ou duplos;
  • Apoios incisais – presentes na região incisal;
  • Apoios palatinos ou linguais – estão localizados na região de cíngulo;
  • Apoios interdentais – são dois dentes vizinhos que recebem os apoios, a estrutura de metal tem uma abertura que permite a passagem do apoio para o conector. Caso não haja essa abertura, vai haver uma interferência oclusal e quando o paciente morder vai tocar no metal, causando uma fratura.

Todos os dentes vizinhos aos espaços protéticos recebem apoios (elementos de suporte):

  • Nos extremos livres o apoio é na mesial, isso porque há uma sobrecarga maior nos dentes suporte nesses casos, então esse apoio na mesial vai possibilitar uma melhor distribuição das forças na coroa, melhorando assim o sistema de alavanca, uma vez que está aumentando a área de retenção dessa prótese;
  • Nas áreas dentossuportadas, o apoio fica vizinho ao espaço protético, isso deixa a prótese mais favorável já que a biomecânica é maior.

Classificação dos nichos:

Quanto a localização:

  • Nichos oclusais;
  • Nichos incisais;
  • Nichos palatinos ou linguais;
  • Nichos interdentais.

Quanto a natureza da superfície:

  • Esmalte;
  • Amálgama ou resina – quando o dente suporte tem restauração;
  • Prótese fixa – se trata de uma interação entre PPR e PPF, quando o dente suporte está muito destruído, por exemplo, e precisa receber uma coroa, então pede pra o laboratório já confeccionar esse nicho na coroa, é a chamada coroa fresada.

Confecção dos nichos:

  • Planejamento – é importante fazer um desenho para determinar onde vai confeccionar o nicho e onde o apoio vai se localizar;
  • Instrumentos apropriados;
  • Oclusão – se não confecciona o nicho ou se o nicho fica raso, o apoio vai ficar alto e quando o paciente ocluir, a cúspide irá tocar diretamente sobre o apoio, causando problemas no antagonista e na prótese.
  1. Nichos oclusais – para sua confecção usa-se uma ponta diamantada esférica 1014, com profundidade de 1,5mm, ou seja, entra todo o diâmetro da broca e mais um pouco, uma vez que essa broca tem diâmetro de 1,4mm. Para saber a localização, quando se tratar de um molar, divide a face oclusal em 4 quadrantes e o nicho vai ter a extensão de 1 quadrante; já quando se tratar de um pré-molar, a face oclusal será dividida em 3 terços e o nicho terá uma extensão de 1 terço. Caso a extensão do nicho seja menor que a necessária, as forças não serão distribuídas adequadamente em direção ao longo eixo dos dentes suporte, perdendo suporte.
  2. Nichos interdentais – usados também para molares e pré-molares. Precisa também de uma abertura para que, quando o apoio passe por essa região ele tenha um caminho livre e não interfira na oclusão. O espaço entre um dente e outro deve ser de 2,2mm. No caso de molares, divide a face oclusal em 4 quadrantes e o nicho tem extensão de 1 quadrante; no caso de pré-molares divide em 3 terços e o nicho tem extensão de 1 terço.
  3. Nichos incisais para incisivos – deixou de ser utilizado já que envolvia área estética. A largura pode ser de 1 a 1,5mm e o comprimento pode ser de 1mm. Muitas vezes os dentes anteriores, principalmente os inferiores, não possuem espessura de tecido suficiente para esse desgaste de 1,5mm, de forma que não ficaria apenas em esmalte, então é necessário realizar um processo chamado de premolarização, onde resina é colocada na região lingual sendo confeccionado algo semelhante a um cíngulo para que o desgaste possa ser feito sem que chegue a dentina e cause algum tipo de sensibilidade.
  4. Nichos palatinos ou linguais – estão localizados na região de cíngulo e sua largura mesio-distal deve ser de 2,5 a 3mm, enquanto de cervical para incisal ele deve ter 1mm. Nesse caso, o nicho pode acompanhar a anatomia do cíngulo ou a parede pode ficar reta.

Vantagens dos nichos linguais:

  • Estética;
  • Localização próxima ao fulcro do dente;
  • Em preparos para dentes superiores permite a passagem do conector menor.

Depois que os nichos são confeccionados é necessário realizar polimento, que pode ser feito com pedra pomes e escova de Robson, branco-espanha e taça de borracha e também deve ser feita aplicação tópica de flúor pois há risco de desmineralização, sensibilidade, etc.

About these ads

One thought on “APOIOS E NICHOS

  1. Fatima 01/12/2012 / 20:57

    Adoro seus resumos. Obrigada pela gentileza de partilhar.
    Fátima.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s