Fisiologia II – Controle da Respiração

Regulação Quimioreceptora
A regulação quimioreceptora trabalha para que sejam mantidos os níveis de CO2 e O2.
Neuronios sensoriais,chamados quimioreceptores são responsáveis pelo monitoramento dessas duas substâncias e fornecer influxo para o centro respiratório. Existem dois tipos de neurônios sensoriais, os Quimioreceptores centrais, responsáveis pela concentração de H+ e pressão de C02, e os Quimioreceptores periféricos, responsáveis pela pressão de oxigênio, h+ e gás carbônico.

Reflexo da Insuflação
Existem receptores de estiramento, localizado nas paredes dos brônquios, que quando estirados durante a insuflação excessiva, impulsos são enviados para as áreas inspiratórias e apnêusticas. Como resposta, a área inspiratória é inibida,e a apnêustica fica inativa, resultando assim na expiração. Quando o ar é esvazido, os receptores de estiramento já não são mais estimulados e assim as áreas inspiratórias e apnêusticas não são mais inibidas,recomeçando a inspiração. É denominado o reflexo de insuflação ou de Hering Beuer, que mostra-se um protetor contra a insuflação excessiva.

Centro Respiratório – Fisiologia II

Centro Respiratório
São aglomerados de neurônios que são responsáveis pelos impulsos nervosos da contração dos músculos respiratórios. Há contração quando existe o estímulo, e relaxamento quando há ausência de estímulo.

Podemos dividir funcionalmente o Centro Respiratório em três áreas:
1 – Área de Ritmicidade Medular (Medula Oblonga)
Tem como principal função coordenar o ritmo da respiração. Dentro dessa área, existem duas outras: a da Inspiração e a da Expiração. Havendo diferença entre a respiração tranqüila e a forçada, devido ao fato de que enquanto a respiração normal dura 2 segundos, a forçada dura 3, e esse tempo é justamente a duração do estímulo de cada um.
Na respiração tranqüila normal, apenas a área inspiratória se mostra ativa, enquanto que a área expiratória só vem a tona durante a ventilação forçada.

2 – Área Pneumotáxica
É responsável pelo controle da transição entre a respiração e a expiração. Localizada na área superior da ponte,essa área tem função inibidora. Ela inibe o estímulo da inspiração, antes que os pulmões fiquem completamente cheios de ar. Ela, basicamente limita a inspiração.

3 – Área Apnêustica
Tem função de ativar a respiração profunda e de maior duração.Também é responsável pela transição entre inspiração e expiração